Buscar
  • Equipe Get Ahead

Entrevista: O ano da saúde mental

Atualizado: 2 de Nov de 2020


A saúde mental está entrando na agenda das lideranças. Antes de 2020, o assunto ainda era periférico — mesmo que grandes instituições, como o Fórum Econômico Mundial e a OMS, já sinalizassem desde 2016 que problemas como depressão e ansiedade iriam impactar as sociedades e as economias. Com o COVID19 tudo mudou[...], as pessoas começaram a ter mais estresse e sintomas de burnout.


Um levantamento do Instituto Bem do Estar e da NOZ Pesquisa e Inteligência retrata: a pesquisa revela que 71% dos brasileiros estão com índices elevados de medo e que 51% acham que algo muito ruim vai acontecer. As empresas ficam no meio desse turbilhão de sentimentos, com líderes e empregados se sentindo frágeis.


A saída para lidar com isso, mais uma vez, é humanizar as relações. Como diz Toya Lorch, sócia fundadora da consultoria Get Ahead, “as organizações e as pessoas sacrificaram a saúde mental em nome da produtividade. Hoje não há mais espaço para isso”. Chegou a hora da mudança.

Nesta edição da revista Você RH, as melhores práticas para acabar com os estigmas por trás das doenças mentais, as estratégias para acolher quem está (ou pode ficar) doente e como criar companhias com bem-estar psicológico. Para ler a matéria completa, acesse este link.

67 visualizações0 comentário